Conheça estas 5 raças de cachorros pequenos

Conheça estas 5 raças de cachorros pequenos

Cachorros grandes são lindo e fofos mas, infelizmente, não são para qualquer um. Além das dificuldades para lidar com um cão de tamanho maior, a questão do espaço pode ser proibitiva na hora de escolher seu amigo canino.

O vídeo abaixo, da Dr. Laís Bruneli da É o Bicho Veterinária é a primeira parte de sua lista com as 10 melhores raças de cachorros pequenos para quem tem crianças em casa!

Reproduzir vídeo

Poodle

Originário da França, este cão descende do Barbet, pode ter os portes Toy, Anão, Médio ou Grande e já foi utilizado para a caça de pássaros aquáticos.

Muito popular como cão de companhia, sua altura pode variar de 24cm a 62cm e é uma raça brincalhona e de fácil adestramento.

É dócil, apegado à sua família e relaciona-se bem com outros cães.

A sua pelagem pode ser nas cores branco, preto, marrom, cinza ou fulvo (amarelada), necessita de ser tosada periodicamente e ser escovada a cada dois dias.

São animais muito inteligentes, ocupando o segundo lugar no ranking de inteligência canina e, por sua facilidade em serem adestrados, a raça foi muito utilizada em circos e teatros, além de ter ficado famosa por apresentar números de dança para a aristocracia europeia no século XVI.

Maltês

Originário da Itália (e não da Ilha de Malta como o nome sugere)               , tem excelente convívio com outros cães e pessoas estranhas.

Seus antepassados caçavam roedores nos portos e cidades marítimas do mediterrâneo.

Podendo chegar a 25cm de altura e 4kg é inteligente e muito apegado aos donos.

É afetuoso, dócil e alegre, mas não suporta longos períodos de solidão!

Exige escovação diária, banhos semanais e tosa a cada 2 ou 3 meses.

Os egípcios acreditavam que a raça tinha poderes mágicos e podia curar doentes e há indícios de que era adorado no Egito antigo, juntamente com os gatos.

Lhasa Apso

Originário do Tibet, tem porte pequeno e excelente convívio com outros cães, porém, não relaciona tão bem com pessoas estranhas.

Estima-se que por mais de 1000 anos, a raça tenha sido restrita à nobreza do Tibet e às comunidades de templos budistas. Sua função era de acompanhante e sentinela em ambientes internos.

A raça foi introduzida no Reino Unido em 1854.

Os machos têm cerca de 25 cm de altura e as fêmeas são um pouco menores.

Seu comportamento é alegre e alerta mas não é uma raça fácil de adestrar. Não necessita de exercícios intensos e requer banhos semanais e escovação diária.

Curiosidade: o Floquinho, cachorro do Cebolinha, é um Lhasa Apso.

Beagle

Originário da Grã-Bretanha, é um cão de pequeno porte com bom convívio com outros cães e pessoas estranhas. Suspeita-se ter sido desenvolvido a partir do grande Foxhound para caçar presas rápidas, como as lebres. É um excelente farejador.

Pode ter até 40cm de altura, é uma raça dócil, divertida, alerta e inteligente. Está sempre pronto para atividades e precisa se exercitar constantemente, para evitar stress, já que a raça é ansiosa e inquieta. Não deve ser deixado sozinho por muito tempo.

Ama passear, correr e é um excelente companheiro.

Sendo um cão bastante guloso é importante se atentar a seu peso e requer banhos mensais e escovações semanais.

Curiosidade: o Snoopy é um Beagle.

Yorkshire Terrier

Originário da Grã-Bretanha, é um cão de pequeno porte com convívio médio com outros cães e aceita bem pessoas estranhas.

É oriundo do condado (não aquele do Frodo… 😉) de Yorkshire onde foi visto pela primeira vez em torno dos anos de 1850.

Seu peso ideal é de até 3,5kg e é uma raça curiosa e alerta. Possui instinto de caça e gosta de perseguí-las. Late para pessoas estranhas e barulhos desconhecidos sem, contudo, atacar.

Necessita de carinho constante e fica infeliz quando ignorado pois não gosta de solidão.

É importante passear com eles sempre que possível. Exige escovação diária e os banhos podem ser a cada 2 ou 3 semanas, além de hidratação frequente.

A raça já foi usada em minas de carvão e moinhos de algodão para caçar ratos e foi tido como cão de companhia apenas após o fim da era vitoriana, quando a própria Rainha Vitória, possuía um exemplar.

Se você gostou desta primeira parte, não deixe de conferir a segunda lá no blog da É o Bicho Veterinária!

E você? Tem ou quer ter um cãozinho de alguma dessas raças, então deixe seu comentário aqui embaixo e compartilhe com seus amigos.

Não deixe de conhecer também, nossa linha de produtos temáticos de cachorros, na nossa Loja DA HORA!

Compartilhe com os amigos

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

0
Seu carrinho está vazio!

Parece que você ainda não adicionou nenhum item ao carrinho.

Procurar produtos
Tabela de medidas de camisas
Tabela de medidas bodies

O que você procura?

Produtos

Mais procurados